Cada vez mais os CMOs usam dados em favor das empresas - Me reinvento

Cada vez mais os CMOs usam dados em favor das empresas

Neste artigo, vou falar como os CMOs usam dados em favor das empresas atualmente. Esse artigo usa como base um estudo feito pela Capygemini no final do ano passado.

De acordo com o estudo feito pela Capgemini Research Institute no final de 2021, 76% dos diretores de marketing das empresas tem a responsabilidade de contribuir com o crescimento das empresas em que trabalham. Similarmente em número, 74% dos CMOs usam de maneira ativa os dados e a tecnologia em seu favor e da empresa na qual trabalham.

Porém, apenas 12% dos CMOs têm as habilidades e os recursos orientados para os dados para poderem executar as suas ações de marketing em tempo real e de forma que sejam verdadeiramente lucrativas.

Embora todos os profissionais de marketing, sem exceção, usem os dados que possuem de alguma forma, a maioria não confia nesses dados para a tomada de decisões no marketing.

 

Como os CMOs usam os dados a favor das empresas

Apenas 43% dos CMOs admitiram que usam os dados para determinar a estratégia de lançamento no mercado de novos produtos e serviços. E, apenas 40% dos CMOs usam os dados como suporte para revisar suas estratégias de publicidade e comunicação. Por fim, 42% deles se orgulham de ter a capacidade de reagir com mais flexibilidade às necessidades dos clientes e do mercado por meio do uso de dados.

Entre os CMOs que usam dados, eles os processam e os analisam para otimizar suas campanhas publicitárias, estratégias de marketing e de conteúdo. 54% deles admitem que os benefícios do marketing em real time superam as suas expectativas. No entanto, enquanto 88% dos executivos de marketing tem orientação para os dados e ajustam o seu conteúdo em tempo real, apenas 38% deles seguem essa prática.

 

 

Cada vez mais os CMOs usam dados em favor das empresas MArtech - - Me Reinvento

 

O papel dos CMOs que usam dados ativamente nas empresas

A mudança que vem acontecendo com a crescente e acelerada transformação digital, principalmente pós-pandemia, e a mudança que vem ocorrendo nos departamentos de marketing, que agora estão com maior foco e orientação a dados, está ocorrendo e impacta principalmente as esferas corporativas mais altas. Portanto, com toda essa informação, é importantíssimo que os CMOs recebam cada vez mais poder para que possam ter mais autonomia para tomar decisões.

Além de ser responsável por dados e tecnologia, aproximadamente um terço dos CMOs também é responsável pela compilação e análise de dados do consumidor e das tendências de mercado que apoiam outras tecnologias do marketing. Como por exemplo, o CRM ou a “automação de marketing”.

Igualmente, 60% dos CMOs, segundo o estudo, também estão envolvidos em decisões absolutamente importantes na empresa e que estão diretamente relacionadas ao crescimento e ao valor de mercado delas no longo prazo.

Porém, apesar da importância fundamental dos dados no marketing, na realidade nem 50% dos CMOs possuem os dados necessários e as habilidades tecnológicas para obtê-los.

Ou seja, apenas 45% dos profissionais de marketing possuem plataformas que oferecem uma visão uniforme do consumidor. No entanto, 47% deles se gabam de criar uma estrutura específica para definir quais dados coletar, com que finalidade e de que forma. Ainda, 44% dizem ter habilidades suficientes nas áreas de inteligência artificial, tecnologia e análise de dados.

 

Porém…

Já quando se tratam das mídias sociais, da realidade virtual e da realidade aumentada, menos da metade dos profissionais de marketing classificam suas habilidades como suficientes.

Ainda, de acordo com o relatório do Capgemini Research Institute, os departamentos de marketing estão particularmente mais interessados em desenvolver esses tipos de serviços internamente. Afinal, metade dos CMOs dizem que as organizações agora estão mais dispostas e propensas a desenvolver essas capacidades “in house”. Ou seja, já não pensam em contratar e depender de fornecedores externos.

Ainda assim, 81% dos executivos de marketing atualmente trabalham com agências de branding ou de marketing digital. Igualmente, 60% possuem algum tipo de fornecedor de dados como parceiro e 46% utilizam empresas especializadas em “MARTECH”.

 

O que é Martech em poucas palavras

A saber, “Martech” é a tecnologia de marketing. Ela descreve uma variedade de softwares e ferramentas que auxiliam no cumprimento de metas ou objetivos do marketing. O “Martech” se tornou uma peça fundamental nas campanhas de marketing digital. Mas, também se pode e deve-se usá-lo para otimizar os esforços de marketing em qualquer outro canal de marketing.

Porém, não confunda “Martech” com Adtech. A diferença entre eles se compara à diferença entre marketing e publicidade. Enquanto o Martech se refere à tecnologia que ajuda a criar, comunicar e entregar ofertas, usa-se o Adtech estritamente para influenciar o comportamento do comprador através da promoção de produtos e serviços e suas ofertas. Por exemplo, um software de CRM é Martech. Porém, as plataformas de anúncios sociais são Adtech.

 

Escrito por: Homero S. Mônaco F. possuí formação em Comunicação e Marketing pela FAAP. Atua na área de marketing desde 1998 e marketing digital desde 2001. Possui MBA em gestão empresarial pela FGV. Trabalha nas áreas de Marketing e Marketing Digital, consultor de marketing e é empreendedor digital nas horas vagas.

 

Caso queira usar esse artigo é só entrar em contato com a equipe do Me Reinvento.

cmos usam dados marketing technology MarTech

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
Precisa de ajuda?