7 pecados capitais do empreendedor

7 pecados capitais do empreendedor, evite-os!

No trabalho diário do emprendedor, é comum ele cair em alguns excessos que podem prejudicar seus negócios. Verifique se você caiu em algum deles

Afinal, quais são os 7 pecados capitais do empreendedor?

Como empreendedores, nunca estamos livres de cometer erros e cair em erros que podem prejudicar os negócios. Assim também, em nosso trabalho e relacionamentos pessoais . Então, é importante que tenhamos conhecimento de que erros são esses.

Na religião católica há uma crença muito forte nos chamados ” 7 pecados capitais “. Eles representam os hábitos prejudiciais que ofendem a Deus , mas que acima de tudo nos afastam do bem. 

Enfim, nesse artigo, aplicamos esses sete pecados à vida do empreendedor. O objetivo é te ajudar a refletir, de uma perspectiva diferente, sobre os “vícios” que estão te impedindo de ter sucesso.

Os 7 pecados capitais do empreendedor

1. Preguiça

Para um empreendedor, esse pecado capital é sinônimo de mediocridade. E isso pode se refletir em algumas práticas bastante comuns, como a procrastinação, que nos leva a deixar sempre para outra hora o que poderíamos resolver agora. Do mesmo modo, os empreendedores preguiçosos também são aqueles que não agem imediatamente sobre um problema ou ameaça e têm um comprotamento reativo quando as coisas ficam fora de controle.

2. O orgulho

Se há algo que um empreendedor com ambição de crescer nunca pode perder, é a humildade. Humildade para entender que sempre haverá alguém que pode fazer melhor que ele. Para sempre colocar o cliente em primeiro lugar. De estar sempre atento às mudanças no mercado. Humildade para ouvir seus parceiros, investidores e mentores. Para entender que sempre precisa de ajuda ou conselho.

Vire um empreendedor. Empreenda hoje mesmo com o Curso Online Marmita Lucrativo.

3. Raiva

A princípio, quando você é seu próprio chefe, você precisa trabalhar muito duro todos os dias. Precisa fazer diferentes tarefas ao mesmo tempo, como por exemplo, ouvir reclamações de clientes e funcionários e estar sempre pronto para resolver problemas.

Assim, é normal que às vezes as coisas te atropelem. Contudo, o que você não pode fazer é explodir e deixar-se dominar pela raiva e pela frustração . E muito menos, descontar seus sentimentos negativos no seu computador ou em um consumidor que acabou de visitar sua loja.

4. Gula

A gula busca satisfação rápida. Nos negócios, a comida é substituída por dinheiro, vendas rápidas ou um grande número de clientes significantes . Em outras palavras, quando há gula, o empreendedor não tem disciplina. Portanto, não está disposto a sacrificar nada, nem mesmo por uma prosperidade firme e de longo prazo. E se isso acontece, diante dos primeiros obstáculos, ele é o primeiro a “jogar a toalha”. Por conseguinte, rapidamente busca retornar à um emprego seguro com um salário fixo.

5. Ganância

empreendedor de maior sucesso é aquele que sabe compartilhar. Por causa do interesse e desejo de riqueza, muitos empreendedores não compartilham com os outros. Eles querem ganhar todo o dinheiro só pra ele mesmos. 

Assim também, empreendedores gananciosos também são aqueles que não compartilham seus conhecimentos ou experiências. Muitas vezes por medo de que alguém possa roubar uma oportunidade dele. Aqueles que, por exemplo, quando você lhe pede um simples contato comercial, sempre te responderão que não têm o celular em mãos ou que simplesmente perderam esses contato.

6. Inveja

Nos compararmos aos outros é um comportamento humano comum. Ele se baseia na necessidade de aprovação que sentimos, independente se estamos nos sentindo seguros ou não. Mas, o problema é quando isso se transforma em inveja. Por conseguinte, nos sentimos frustrados, inferiores e incapazes de alcançar nossos próprios objetivos . O caminho de cada empreendedor é único. Portanto é importante que você aprenda duas coisas:

  • há espaço para todos e
  • você deve sempre manter o foco no que está construindo.

7. Luxúria

Nos negócios, esse pecado se traduz em desejo desenfreado pelos bens materiais. E isso pode levar você a ter uma visão errada do que significa iniciar um negócio.

Por exemplo, a ambição de tornar-se milionário em pouco tempo e a todo custo. Do mesmo modo, que sacrifique o valor que você oferece a seus clientes pelos benefícios econômicos que pode conseguir

Ao contrário, os casos de negócios mais bem-sucedidos são caracterizados pela visão de longo prazo de seus fundadores e por uma atitude mais realista em relação ao crescimento e à lucratividade da operação.

E então? Você já caiu em algum desses 7 pecados capitais do empreendedor?

Se você gostou, comente abaixo e compartilhe nas suas redes sociais para ajudar aquele seu amigo que você que evite cometer os 7 pecados capitais do empreendedor!

7 pecados capitais do empreendedor atitudes como empreender competitividade empreendedor Empreendedorismo liderança

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido!
Open chat
Precisa de ajuda?